Docentes destacam qualidade de pesquisas científicas produzidas e apresentadas por alunos em congresso nacional sobre concreto

Um dos principais eventos nacionais sobre concreto, o 59º Congresso Brasileiro do Concreto, realizado em novembro, em Bento Gonçalves-RS, contou com cinco trabalhos científicos sobre diversos temas, produzidos por um grupo de alunos e egressos dos cursos de engenharia civil e química do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (Unifeb). Responsáveis pela coordenação e supervisão geral dos trabalhos, o docente Salmen Saleme Gidrão e o coordenador da Engenharia Química - Antônio Batista de Oliveira Júnior, realizaram recepção especial aos novos pesquisadores e destacaram a importância do comprometimento dos alunos para o fomento da pesquisa acadêmica na instituição e também como contribuição relevante para o mercado de trabalho.

Com os temas Análise de Concreto com Adição de Borracha de Butadieno Estireno, Viabilidade da Utilização de Resíduos Resultantes da Queima do Bagaço da Cana de Açúcar e da Casca do Arroz como Substituto para o Cimento Portland, Análise da Adição de Zinco a Massa de Concreto e Seus Efeitos Enquanto Aditivo, Concreto Modificado com Polímeros e Qualidade nos Serviços de Concretagem em Obras de Pequeno Porte, os trabalhos foram apresentado sem forma de painel, durante o Congresso.

De acordo com os alunos e egressos, o período de pesquisa e formatação dos trabalhos chegou a até dois anos e meio e envolveu desde estudo de artigos, avaliações técnicas, visitas em obras, inspeções, diagnósticos detalhados à apresentação de resultados e expectativas de teses apresentadas. O grupo apontou como desafio para a produção das pesquisas, o encontro de fontes confiáveis para apuração de dados, a adequação da teoria com a realidade praticada pelo mercado e o alto nível de exigência do Congresso.

Na oportunidade, o coordenador do curso de engenharia química do Unifeb, Antônio Batista de Oliveira Júnior, parabenizou o grupo e ressaltou a importância da preservação da cultura da pesquisa científica na instituição, “Trata-se de uma escrita técnica que desperta nos alunos afinidades e habilidades profissionais, reduzindo a passividade e fomentando a pró-atividade, conceito que estamos implementando através de metodologias ativas e conceito de sala de aula invertida”, disse. Também, com muito entusiasmo, o docente Salmen Saleme, professor responsável pelo desenvolvimento, falou da interdisciplinaridade dos cursos e o ganho desta fusão para o profissional formado pelo Unifeb, “Quando o aluno entende as aplicações que será responsável, o mercado ganha em eficiência e tecnologia, por isso é nossa missão criar uma ponte entre a ciência e a área de trabalho, formando profissionais de excelência”, finalizou.
Confira abaixo os temas e alunos envolvidos em cada trabalho apresentado no 59º Congresso Brasileiro do Concreto!

Postagens recentes

V Arte e Movimento

V Mostra Arte Movimento é um evento que promove música, dança e interpretação. O espetáculo é destinado aos grupos que p...

Arte e Movimento

Oportunidades de Estágio

Oportunidade aos nossos alunos de Engenharia CivilEmpresa: Santa Casa de Misericórdia de Barretos/SPCargo: Estagiário(a)...

UNIFEB participa do Grande Prêmio Petrobrás de Energia Sustentável

Sucessora da tradicional Maratona da Eficiência Energética, competição volta com patrocínio master da PetrobrásO Projeto...