Pesquisadora e Docente do UNIFEB faz pós-doutorados no Brasil e na Suíça

A docente do curso de graduação de Química Tecnológica do UNIFEB, Ana Flávia Canovas Martinez, recentemente voltou do segundo e terceiro pós-doutorados que tiveram pesquisas desenvolvidas e finalizadas no interior de SP e na Europa, mais precisamente na Suíça.

A linha de pesquisa do segundo pós-doutorado é sobre a “Abordagem sistêmica e multidisciplinar para identificação de novos inseticidas produzidos por simbiontes de insetos”, sendo dois anos feitos na ESALQ (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), da USP, em Piracicaba/SP e um ano na ETH Zurich (Eidgenössische Techische Hochschule Zürich) na Suíça. 

“Foram três anos de muito estudo, sendo dois anos na ESALQ/USP, em que dei inicio ao projeto sobre a aplicação, e de isolamento e caracterização de compostos produzidos por microrganismos simbiontes de insetos e com atividade inseticida, além da aplicação de metodologias modernas na busca por novos compostos e classes químicas. Com isso identifiquei várias moléculas com potencial inseticida testado contra ‘Spodoptera frugiperda’; uma praga agrícola que ataca diversas plantações em nosso país”, explicou Martinez.

No terceiro ano, a professora foi à Suíça para a parte de experimentos do terceiro pós-doutorado; projeto este interligado ao segundo. “Fez parte desse projeto, o trabalho intitulado “Genome-mining for exploration of new insecticidal compounds produced by insect-associated bacterial symbionts”, neste momento fiz experimentos, procurei os compostos que são produzidos  por bactérias de insetos, e que podem ser aplicados como inseticida, um protótipo, sendo uma alternativa mais ecologicamente  viável para o controle das pragas”, finalizou.

No Brasil, o projeto foi supervisionado pelo pesquisador Dr. Fernando Luís Consoli e na Suíça, pelo Dr. Jörn Piel. A ESALQ/USP se destaca entre as cinco melhores universidades do mundo na área agrícola, e a ETH é uma das 10 melhores universidades do mundo no ranking geral, tendo formado diversos cientistas laureados pelo prêmio Nobel, incluindo o ilustre Albert Einstein.

O UNIFEB tem intercâmbio com universidades de vários países e busca sempre facilitar o acesso àquelas que tem linhas de pesquisa coincidentes com o pensamento acadêmico de seus pesquisadores.


Postagens recentes

Novo modelo acadêmico do UNIFEB possibilita inovação de vestibular no meio do ano

Um vestibular realizado no meio do ano é a novidade que o UNIFEB anuncia. A data de realização das provas ficou definida...

Docentes do UNIFEB publicam artigo em Revista Internacional de Direito Ambiental

Os professores do curso do Direito do UNIFEB, Danilo Henrique Nunes e Letícia de Oliveira Catani Ferreira publicaram art...

UNIFEB investe na aquisição de novas tecnologias para as clínicas odontológicas

Garantindo a excelência adquirida ao longo dos seus 35 anos de existência no ensino de graduação, pesquisa e extensão, o...

UNIFEB recebe Programa de Incubadora para Startups em parceria com Sebrae-SP

O UNIFEB, em parceria com o escritório regional do Sebrae-SP, reuniu na última sexta-feira, 05 de abril, alunos, ex-alun...