Aluno do UNIFEB desenvolve armadura inspirada no super-herói Homem de Ferro e pretende voar com ela

Criatividade e inovação são importantes vertentes da moderna grade curricular do Centro Universitário, que busca projetar os alunos no mercado de trabalho com visão ampla da profissão

O estudante do 8º termo do curso de Engenharia Mecânica do UNIFEB (Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos), Caíque Igor Alves Marquetto, tornou-se destaque na mídia nacional após seu projeto de criação de uma armadura inspirada no super-herói Homem de Ferro ter repercussão. O objetivo é ambicioso e o jovem barretense de 28 anos está empenhando todo seu tempo no desenvolvimento da armadura e pretende voar com ela. “Como a ideia da armadura é ser o mais próximo possível à do filme, estou empregando muitas tecnologias diferentes, como motores de foguete a propelente líquido, que irão, a princípio, utilizar etanol e oxigênio líquido para possibilitar o voo”, contou. Confira a matéria na íntegra publicada no site Olhar Digital pelo link https://bit.ly/ReportagemOlharDigital

Marquetto tem um canal no Youtube (https://www.youtube.com/c/SrMarquetto), com mais de 14 mil seguidores, onde mostra o desenvolvimento deste projeto até o momento e também os testes iniciais do motor de foguete que permitirão que ele consiga voar utilizando a armadura. Além disso, em seu canal, o aluno apresenta outros projetos que tem criado durante suas experiências. “Tenho o canal desde 2011, mas comecei a postar de forma mais séria somente em 2018, que foi quando consegui comprar os equipamentos necessários. O conteúdo vai desde projetos simples, que as pessoas podem montar em casa, até os super complexos, que só seriam possíveis de fazer com muito conhecimento na área e tecnologia de maquinário especializado para a fabricação, como algumas máquinas computadorizadas, ferramentas e softwares para modelagem e simulação de projeto, como os que estou usando atualmente para a construção da armadura”, disse.

O aluno ressalta que o aprendizado adquirido no UNIFEB tem papel fundamental para a criação da armadura. “Está sendo muito importante todo o conhecimento em mecânica dos fluidos para desenvolvimento das bombas e todo o sistema de alimentação dos propulsores da armadura, além das matérias sobre hidráulica e pneumática. E também as disciplinas de projeto, porque essa parte de mão na massa é o que faz toda a diferença e ajuda o aluno a assimilar os conhecimentos adquiridos no curso exercendo na prática”, destacou.

De acordo com Marquetto, a armadura deverá ser finalizada em cinco anos e todo o conhecimento adquirido será utilizado para projetos ainda mais audaciosos. “Quero construir veículos com motores de foguete para bater alguns recordes do Guinness Book, ou mesmo fazer meu próprio foguete, para lançar um nano satélite em órbita. Também me imagino construindo um carro de verdade, movido a controle remoto. Enfim, ideias não faltam para projetos futuros”, revelou.



Compartilhe esta notícia:

Postagens recentes

Deputado federal Vinicius Carvalho visita UNIFEB e reitera compromisso com o desenvolvimento da instituição

O Reitor Angelo Davis solicitou a possibilidade da destinação de recursos para aquisição de equipamentos do novo Núcleo...

Engenheiro Civil formado no UNIFEB é aceito em mestrado em Portugal

Hudson Langer inicia os estudos em outubro na Politécnica de Leiria Formado no curso de Engenharia Civil em 2018 no...

Angelo Davis é empossado Reitor do UNIFEB para o quadriênio 2021/2025

A cerimônia foi realizada na manhã deste sábado no Tribunal do Júri do Centro Universitário O prof. Dr. Angelo Davis...

UNIFEB lança editais de processo seletivo para alunos participarem do projeto educativo socioambiental Super Conscientes

A ação é uma parceria com o SAAE Barretos e os selecionados receberão bolsas-auxílio O UNIFEB (Centro Universitário d...